Select Page

Voluntárias buscam apoio para legalizar o Museu Caçapavano

Voluntárias buscam apoio para legalizar o Museu Caçapavano

Criado em julho de 2016 a partir de um pensamento comum de melhorar a memória, identidade e cotidiano de Caçapava, o Museu Caçapavano apresenta uma nova proposta. Diferente daquilo que estamos acostumados a ver, a ideia dos voluntários é criar um local para exposições itinerantes, um acervo digital e memorial.

Para iniciar as atividades, as amigas do museu Dulcina Schievelbein, Lislair Marques e Thais Dazmann se reuniram com o presidente da Câmara de Vereadores, Ricardo Rosso na terça-feira, dia 10. Segundo a Assessoria de Imprensa da Câmara, o grupo solicitou apoio do Legislativo na aprovação da lei para implantação do museu.

“Nosso objetivo é que até julho, data em que o museu completará um ano, ele esteja constituído juridicamente”, ressalta Lislair.

O Museu Caçapavano possui um espaço físico, a Casa Borges de Medeiros, cedida pela Mitra Diocesana com a condição de que seja feito um memorial em homenagem ao revolucionário.

“Como o local é pequeno, não temos como expor objetos como armários e camas. Então pensamos em exposições temáticas que ficarão a disposição do público por um determinado tempo”, explica Dulcina.

As organizadoras do museu planejam para este ano oficinas literárias, artísticas e de educação patrimonial, concurso literário, seminário para tratar do patrimônio histórico e levantar questões para dar suporte a futuros projetos e um workshop com historiadores.

De acordo com Rosso, a Câmara será parceira nos projetos do museu.

“É interesse da Câmara contribuir para que a nossa história seja preservada. Esse conhecimento deve estar na memória de todos, principalmente das crianças e jovens. O Legislativo também possui o Espaço Cultural que serve justamente para dar visibilidade as diferentes manifestações culturais”, destaca o presidente.

Para usufruir deste local é preciso agendar um horário na Assessoria de Imprensa da Câmara pelos telefones (55) 3281 2044 / 3281 2428 ou na rua Barão de Caçapava, 621.

Sobre o(a) Autor(a)

Já nas bancas

Curta nossa página

Publicidade

Publicidade